Partido em 5 – Raizes do Samba (1975/76/2010)

A série Raizes do Samba ajuda a resgatar em som decente algumas das principais pérolas do samba brasileiro dos anos 50, 60, 70 e 80 que criminosamente ficaram aleijados da atenção e do acesso do grande público por anos.

O Partido em 5 é um desses exemplos resgatados pela série.

Fez grande sucesso em 1975, conseguiu manter o pique no ano seguinte e acabou debandando, por que a vida é dinâmica, as coisas acontecem e é por ai.

Ainda bem que restaram as gravações.

O Partido em 5 era composto por: Candeia, Velha, Casquinha, Anezio, Wilson Moreira e Helio Nascimento. Partideiros de primeira, esse combo foi o Crosby, Stills, Nash e Young dos subúrbios e morros cariocas.

Seis cronistas precisos da vida nos morros cariocas, suas tretas, alegrias, angustias e delicias da vida dura, simples e dos causos repletos de sabedorias populares e bom humor.

De improviso ou quase de improviso, o partido alto e o pagode praticado pela rapaziada era fino, cru, sem tratamento estético de limpeza de arestas e imperfeições, cantado com coração, rouquidão e regado a birita, cigarro e arroz com couve como todo bom partido alto precisa.

Letras bem humoradas cuja matéria-prima estava ali nas ruas, nos becos, nas ladeiras, debaixo das janelas dos barracos, na mesa das biroscas e botecos que abordavam os mais triviais e corriqueiros temas: brigas, vida conjugal alheia, o vacilão, o caguete, as traições, o bêbado, as rodas de samba que varavam a madrugada e tudo isso.

Samba de verdade é assim, o resto é perfumaria.

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s