Metro – Olhar (1985)

Yes, nós tivemos New Wave.

Na verdade, o que se chama de boom do rock brasileiro dos anos 80 nada mais foi do que o boom da New Wave (que não necessariamente é rock) que se alastrou em todos os cantos do mundo, e aportou por aqui aproveitando o inicio de abertura política, a moçada se apropriou do termo, vestiu terninhos coloridos com ombreiras, modernizou a MPB com teclados vagabundos, guitarras Tonantes, pedais com flangers, música em francês, e por ai vai.

Foi tratar de se divertir:

Transar, beber, usar drogas, viajar e fazer um som.

A festa foi boa e ainda hoje contabilizamos as doses ingeridas nesse período.

Tudo aflorou, perdemos a vergonha de cantar em inglês e copiar na caruda o que se fazia no pop gringo.

Nesse cenário e nessa onda, muito lixo saiu, mas algumas pérolas também.

O Metro tinha o timing exato e cometeu o disco mais importante dessa New Wave brasileira e que eu mais gosto até hoje.

Impossível colocar esse álbum em outro período, ele está intimamente ligado a Bananarama, Go-go’s, Yaz, Toni Brasil, Kim Wilde e por ai vai.

Em alguns momentos, chega perto dos franceses Telephóne ou Les Rita Mitsouko.

Zero brasilidade, o álbum é São Paulo da Av. Paulista ou da Pompeia dos anos 80, da elite pensante que viajava uma vez por ano pra Europa ou pros EUA, descobria o que estava rolando e atualizava a rapaziada por aqui.

Não consigo enjoar de ouvir a Virginie cantando docemente com um fino de voz, que passa pertinho do desafinado, mas na verdade é um truque, uma sutileza para seduzir ouvintes e nos fazer apaixonar pelo som mais moderno feito nos trópicos em 1985.

Lindezas como: Johnny Love, Beat Acelerado, Sandalo de Dandi e principalmente Tudo Pode Mudar, um clássico que não faria feio em festa 80’s em nenhuma festa ao redor do mundo, mesmo hoje quase 30 anos passados, fazem desse Lp uma peça obrigatória em boas discotecas descoladas do planeta.

Será que o finado John Peel tinha um desses em sua rica discoteca?

Agora fino mesmo é: Stabilo, só ouvindo…

O álbum tem um sabor de festa boa que eu não tinha idade pra ir e hoje seus personagens devem estar carecas, cansados e sem paciência pra contar como foi….Mas deve ter sido duca…

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s