Kevin Ayers – Yes We Have No Mananas (1976)

O que dizer de Kevin Ayers?

Na verdade, nem sei muito sobre a vida desse maluco.

Mas conheço alguns discos e nenhum é menos que espetacular.

O cara começou nos anos 60 dividindo os vocais no não menos espetacular Soft Machine, mas ele desistiu do caminho jazz-rock que o grupo seguiria e decidiu por um pop, folk inglês bagunçado, biruta e cheio de possibilidades que permearam seus álbuns.

Eximio guitarrista e ótimo compositor, Yes… carrega toda a aura do pop setentista, ora caindo para o experimental, ora caindo para o descarado sing-a-long.

No fundo tudo é rock de antigamente (antigamente, leia-se anos 70), com muita gente tocando, convidados musicais do mais alto gabarito e canções simples tocadas com alma, loucura e competência.

Imagine um Syd Barrett focado em acertar, é quase isso que o Kevin é.

Estruturas que se perdem e se acham, as musicas tomam direções engraçadas e sofisticadas mas no fim acabam num pop classe A.

Pra sair do marasmo, Kevin Ayers é ótima pedida.

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s