Dizzy Gillespie e Trio Mocotó: Dizzy Gillespie No Brasil com Trio Mocotó (2010)

Em 2010, uma das mais legendarias sessões de jazz dos anos 70 viu o raiar do sol.

Tratou-se do histórico encontro de Dizzy com o Trio Mocotó.

Gravado em 3 conturbadas e estranhas sessões em São Paulo no ano de 1974, nos estúdios Eldorado, que ficaram guardados durante mais de 3 decadas nos pertences do inventário do jazzista norte-americano e graças ao acaso, sempre ele, essa máster foi encontrada e transformada em disco em 2010.

Dizzy já era uma lenda e seu entrosamento com o Trio brazuca na base rítmica foi espantoso e o som gerado nessas sessões é sem duvida, um dos grandes momentos do jazz samba da história.

Flertes foram muitos, inclusive do próprio Gillespie.

Mas o golaço aconteceu nessas sessões.

Solto, desprendido e leve, o encontro desses dois continentes sonoros é sensacional. O jazz, o blues e o samba se cruzam em faixas do mais puro deleite.

Dizzy com seus explosivos arroubos no trompete, já com 57 anos mas ainda com muito força no pulmão se casa perfeitamente com o humor e a ginga dos incomparáveis João Parahyba, Nereu Gargalo e Fritz Escovão.

Swingue com sofisticação.

Obrigatório em qualquer discoteca de respeito.

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s