Leonard Cohen – Live At The Isle Of Wight 1970 (2009)

As vezes, quando tudo tem jeito que vai dar errado, o errado acaba errando e dá certo, sabe cumé?

Figura isso:

Festival de música no cú da Inglaterra, multidão muito doida de todas as drogas possíveis e imagináveis, somado a um clima de hostilidade entre artistas e plateia, principalmente plateia, que já havia atirado paus e garrafas em Kris Kristofferson, aprontado baderna no show da cândida Joan Baez e tacado o foda-se no de Hendrix.

Motivo: hiperlotacao, um publico que seria estimado em 600.000 para uma quantidade de ingressos de 150.000, ou seja 450.000 penetras.

Ai sobra para um ainda pouco conhecido cantor e compositor canadense a missão de subir ao palco as 2 da manhã num clima de horror, tocando com uma banda boa mas não completamente ensaiada e depois da apresentação habitualmente incendiaria de Hendrix.

Pronto… merda a caminho!

Ai é que um milagre se fez.

E o curandeiro atendeu pelo nome de Leonard Cohen.

Esse álbum é o registro matador e definitivo desse balsamo que foi capaz de calar, arrepiar e pacificar 600.000 selvagens, quando ninguém acreditava mais que o festival não fosse terminar sem morte, destruição e tragédia.

Mostrando um poder de comunicação impressionante, Cohen brindou a plateia com um show transcendental, poético e de beleza impossíveis de serem ignoradas e combatidas.

Passeando pelo folk, sua voz grave, anasalada e reconfortante foi um sossega-leão coletivo, caiu como uma luva e virou esse CD com DVD impressionantes, com o show na integra, além de depoimentos de testemunhas do show e músicos.

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s