Nick Gilder – Frequency (1979)

Depois que a Crysalis ganhou rios de dinheiro com o Blondie, procurou desesperadamente por artistas similares ou que fizessem um som similar.

Outra onda muito forte na época, era o pop de arena e o Nick Glider se encaixa fortemente nessa segunda leva.

Todo mundo queria tocar em arena, fazer turnê, get laid, beber e usar tóxicos.

Para acessar essas coisas todas, tinham que dar uma tocadinha né?

Nick Gilder fez razoável carreira, alternando bons e maus momentos, seguiu uma linha glam-pop-rock-arena.

Canções com “You Really Rock Me” e “Time After Time” são dois dos melhores exemplos do pop branco anglo-saxão pra esfriar sua cuca e esquecer que o mundo existe. Sem racionalizações, sem frescuras.

Frequency é um belo registro da sonoridade pop desse período, pop condensado com muito teclado e novas sonoridades de pedais e timbres que seriam abusados na década seguinte (goste ou não).

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s