Fitz and the Tantruns – MoneyGrabber

Neo-Soul pra dar um belo chute na bunda gorda da chatinha da Adele, empurrar o pseudo cult Mayer Hawthorne e assoprar as cinzada da Amy Winehouse pra longe.

Se tem uma banda pop/soul mais sensacional que essa em atividade, eu não conheço, ou melhor nem existe mesmo.

Chegando perto talvez os Dap-Kings e Charles Bradley e asseclas.

Gente que bebeu tudo o que podia no soul e no pop negro americano das décadas passadas e conseguiram traduzir perfeitamente para esses tempos bicudos atuais a classe e a virilidade desse pop tocado com raça, vontade e estilo.

Em estúdio, parece contido, mas ao vivo eles são destruidores.

Impossível ficar imune a sua pericia em agitar públicos diversos, o Fitz and The Tantruns tem pouco tempo de carreira discográfica mas tem tudo para finalmente alçar voos maiores e agregar públicos mais distantes de sua ensolarada Califórnia.

Procure saber, é a banda pop que deveria estar acontecendo se o mundo fosse um lugar justo.

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s