Uma noite na Livraria

Discotecar: ato de botar um som para as pessoas dançarem, mexerem os corpos, saírem de vossas realidades, flertarem, tentarem a sorte com o sexo oposto (ou não), instigador de situações de contatos físicos desejados ou não.

Coisa muito boa de fazer em qualquer lugar: em casa de amigos, clubes e até em casa.

Agora fazer isso dentro de um espaço como a Livraria Cultura, não teve preço!

Essa foi mais ou menos a sequência da noite, trazendo o fino do Soul e do R&B tentando sugerir e não simplesmente escancarar pornograficamente a virilha.

Dick Dale – Miserlou

The White Stripes – The Denial Twist

Squirrel Nut Zippers – Got My Own Thing Now

Sly & The Family Stone – I Can Turn You Loose

Stevie Wonder – Sir Duke

Jean Knight – Mr. Big Stuff

Stevie Wonder – Pastime Paradise

Wilson Simonal – Carango

Medeski Martin Wood – End of The World Party

TheoWorking Group – Young Amazonia

New York Dolls – Stranded In The Jungle

David Bowie – Suffragette City (Live)

The Rolling Stones – Get Off Of My Cloud

Bo Diddley – Bo Diddley

Smokey Robinson & the Miracles – I Heard It Throught The Grapevine

The Coasters – Down in Mexico

Ray Charles – What I’d Say

Aretha Franklin – Chain Of Fools

Elis Regina – As Curvas da Estrada de Santos

Jorge Ben – O Filósofo

Erasmo Carlos – Saudosismo

Sambalanço Trio – Step Right Up

Eumir Deodato – Tremendão

Jerzy Milian – Ktopoty pana Naczelnika

E como uma hora, faltou um monte de coisas: Detroit Cobras, Barry Adamson, Supremes e Dead Kennedys

Anúncios