Giorgi Ligeti – The Ligeti Project I – Piano Concerto, Melodien Chamber Concerto and Mysteries of the Macabre (2001)

Chegando no fim do mês, que tal um sonzinho bem doentinho?

A música do compositor Ligeti não é simples de se digerir, mas certamente é a melhor coisa da música clássica pós-segunda guerra.

Muito superior a John Cale ou Philip Glass ou Steve Reich, que são os mais badalados compositores eruditos do Século XX porque propõem destruição, desconstrução enquanto Ligeti procura construir no seus contrapontos minimalistas o máximo de música possível, seja ela dramática e/ou intimamente ligada a sua própria história de vida, Ligeti é imprescindível para se entender os caminhos da música clássica e entender que há esperança e vida nesse pós-tudo caótico com referencia zero e muitos achismos.

A música de Ligeti caiu como uma luva nas trilhas sonoras de 2001 e De Olhos Bem Fechados, ambos de Stanley Kubrick, outro grande fã e apreciador das bizarrices do mestre.

É emocionante ve-lo falar sobre seu processo de composição num trecho do documentario sobre a vida de Kubrick…

Essas edições do Ligeti Project, são talvez a melhor maneira de se infiltrar na cabeça e na música desse maluco genial.

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s