Tendências Lacradoras para 2018.

images-3

E num esforço digno de Mãe Dinah ou Walter Mercado, vou tentar aqui dar alguns palpites do que vai acontecer no mundo da música em 2018, pois afinal, a esperança é “ainda” a única que morre.

 

Festivais chatíssimos mundo afora e aqui também (que eu não irei):

Não precisa ser nenhum gênio pra adivinhar isso tendo em vista o que tem saído de discos que são verdadeiros porres e festivais com cada vez menos diversidade (é tudo farinha do mesmo saco). Só pra dar uma mostra:, o então todo poderoso Coachella já divulgou seus headliners: Beyonce, The Weeknd e Eminem. E nem vou entrar no assunto Lollapalooza Brasil, Tomorrowland, etc…

 

Djs tocando cada vez menos e pulando cada vez mais:

Natural, não estamos falando nada que já não esteja acontecendo, mas a questão é: algum dj vai realmente voltar a virar uns disquinhos por ai?

 

Anitta estourando globalmente:

Demorou, Anitta é a artista brasileira mais preparada e capacitada pra fazer isso. Tá com tudo: fama, dinheiro, fãs, contatos, views, gana, (podia ter umas músicas melhores, mas isso é detalhe). Pelo menos não tem nenhuma diva ou artista de ponta com repertório novo bom também, então o caminho tá pra ela.

 

MCs brasileiros e seus “featurings” alucinados:

Não sei se vocês se deram conta de quanto musicalmente estamos parelhos com o resto do mundo (pelo menos no quesito Musica Pop), e tudo isso graças a imensa fauna de Mcs e produtores de Funk. Periga dentro em muito breve, um dos diversos Mcs, funkeiros, produtores brazucas emplacar um “hit do verão” no Hemisfério Norte. Quem pode ser o novo rei ou rainha? Sei lá, desconfio que quem tiver mais perto de “Deus” ou de “Bach”, leva esse caneco pra casa.

 

O que sobrar do Rock embrulha e enterra:

É possível que artistas “grandes” do rock lancem novos álbuns ano que vem. Arctic Monkeys, Franz Ferdinand, Black Rebel Motorcycle Club dentre outros já tem discos pra sair, posso até queimar minha língua, mas acho que nenhum deles será bom e ainda desconfio que no final do ano, nenhum disco de “rock” aparecerá em nenhuma lista de nenhuma “publicação” de música planeta afora. Rest in Peace.

 

Todo o mundo vem pro Braza em 2018!

Só não vem que já tá morto, ou quem tiver fazendo show muito bom por ai (tipo Nick Cave), de resto, todo o mundo vem pra cá buscar um belo dum cascalho e encher as lindas arenas Brasil afora. Phil Collins, Ozzy Osbourne, Roger Waters, Foo Fighters, Radiohead, Killers, Depeche Mode, tem pra todos os gostos, mas não para todos os bolsos, só pra quem tiver os cartões “ouro” “platinum” “platinum-gold” e por ai vai.

 

Mais velórios famosos na música:

O mundo da música tá melhor no céu que na Terra já faz um tempo, mas o último ano foi “grosseiro” nesse quesito: Luiz Melodia, Wilson das Neves, Belchior, Almir Guineto, Paulo Silvino, Tom Petty, Chuck Berry, Fats Domino, Malcolm Young (Ac/Dc), Chris Cornell (Soundgarden e Audioslave), Greg Allman (Allman Brothers Band), Grant Hart (Husker Du), Charles Bradley, Walter Becker (Steely Dan), Al Jarreau, J. Geils, Jaki Liebezeit e Holger Czukay (Can) foram alguns dos que se foram esse ano. Prepara o lenço que em 2018 vai ter muito mais!

 

Alguns Dinossauros chutando o Balde.

São poucos, mas eles existem ainda. E melhor, com algo a dizer. Em 2017, ótimos exemplos da velha guarda mundo afora (Roger Waters, Mick Jagger, Blondie, Fleetwood Mac). Em 2018 tem tudo pra continuar nessa tocada.

 

Mais Trans no Mundo Pop

Vão chegar com tudo, todo artista pop de ponta que não tiver pelo menos um amigo/amiga Trans cantando, dançando ou “featurando” cairá no Ostracismo rapidamente e as milícias ideológicas de ambos os lados não terão a quem defender, ou atacar. E vc artista não conseguirá seus views, seu “buzz” e sua “lacração”.

 

Mais Discursos Políticos:

Não que artista pop saiba falar sobre política, mas pra se destacar, muitos usaram plataformas políticas como motor de arranque para seus novos projetos, videos ou posts. No Brasil pode até ser que vire tendência, mas como a maioria é muito bundona, tá mais fácil artista gringo vir aqui dar pitaco do que nossa gleba!

 

Alguma boa surpresa!

Tudo pode acontecer, com o mundo virado de ponta cabeça, até algum artista realmente bom pode aparecer nesse meio tempo e tomar o mundo de assalto (essa chance é quase Zero), mas, a esperança, sempre ela, etc…

?????????????????????

 

Esse humilde blog entra em recesso parlamentar até comecinho de janeiro. Tenham um ótimo Natal, excelente Reveillon e que Deus nos ajude em 2018. Vai ser osso!

Anúncios